top of page

Como a infidelidade financeira pode afetar seu relacionamento





Em um mundo onde as relações humanas são cada vez mais complexas e desafiadoras, um tipo de traição ganha destaque não pelos aspectos físicos ou emocionais, mas pelo impacto devastador que pode ter na estrutura de uma família: a infidelidade financeira.


Diferente da infidelidade sexual, que frequentemente capta a atenção das narrativas populares e dramas pessoais, a infidelidade financeira se instala silenciosamente, tecendo uma teia de mentiras e omissões que, quando descobertas, podem desencadear uma crise tão ou mais destrutiva que qualquer outro tipo de traição.


Entre os principais motivos que levam um casal ao divórcio está a infidelidade financeira. Inclusive, levantamento recente feito pelo site Ashley Madison, mostra que mentir sobre as finanças pode ter mais peso que a própria traição sexual.


Ou seja, se a infidelidade é capaz de colocar em risco o relacionamento, segredos financeiros podem ser ainda mais devastadores para a vida de um casal.


Mas o que é de fato a infidelidade financeira?


Infidelidade financeira é quando um dos cônjuges esconde do seu parceiro qualquer tipo de informação relacionada a suas finanças. Ocultar compras, cartões de crédito, contas, dívidas ou mesmo dinheiro físico.


Além disso, mentir sobre o quanto ganha, emprestar ou pegar empréstimo escondido e gastar a ponto de comprometer o orçamento familiar, sem avisos, são exemplos desse tipo de traição. Com atitudes como essa, a pessoa acaba por colocar em risco a confiança, a situação financeira e a relação do casal.


Tal como ocorre com a infidelidade sexual, a financeira se baseia na quebra da confiança, mas, em vez de envolver uma terceira pessoa, envolve o sigilo ou manipulação de informações financeiras críticas.


Para quem não sabe, até mesmo no Código Civil é possível conferir entre os deveres conjugais, a fidelidade recíproca. Mas apesar de moralmente questionável, a questão não é um crime. O fato é que pode trazer graves problemas conjugais.


Os Diversos Rostos da Infidelidade Financeira


Esta traição pode assumir várias formas, desde pequenas mentiras sobre gastos diários até o acúmulo secreto de dívidas que podem comprometer a saúde financeira de toda a família. Pode envolver a abertura de contas bancárias ou a obtenção de cartões de crédito sem o conhecimento do outro parceiro, investimentos arriscados feitos às escondidas, ou até a sonegação de informações sobre uma herança ou bônus recebido.


Por Que é Tão Destrutiva?


A infidelidade financeira é particularmente perniciosa porque mina os alicerces sobre os quais muitas relações são construídas: confiança, parceria e transparência. O dinheiro, frequentemente um tópico sensível entre casais, torna-se um campo minado.


Quando a verdade vem à tona, o parceiro traído pode sentir-se vulnerável, enganado, e questionar não apenas as decisões financeiras, mas a própria base de seu relacionamento.


Consequências Legais e Familiares


Do ponto de vista legal, a infidelidade financeira pode ter implicações significativas, especialmente em caso de divórcio ou separação. Dependendo da jurisdição, dívidas ocultadas, bem como a dissipação secreta de ativos, podem afetar a divisão de bens e as obrigações de sustento. Em um cenário familiar, o impacto pode ser ainda mais profundo, afetando a educação dos filhos, a capacidade de manter um lar e até mesmo a estabilidade emocional e financeira da família como um todo.


Identificando a Infidelidade Financeira


Reconhecer sinais de infidelidade financeira pode ser desafiador, mas existem indícios claros que podem sugerir problemas. Estes incluem mudanças repentinas no comportamento de gastos, relutância em discutir finanças, contas e correspondências financeiras escondidas, ou discrepâncias inexplicáveis entre renda e despesas. Quando tais sinais são percebidos, é crucial abordá-los aberta e honestamente.


Prevenção e Recuperação


A prevenção da infidelidade financeira começa com a comunicação. Estabelecer diálogos regulares sobre finanças, compartilhar objetivos financeiros e ser transparente sobre gastos e dívidas são passos essenciais para construir uma base sólida de confiança.


Para casais que se encontram no meio de uma crise financeira oculta, a busca por aconselhamento financeiro e terapia de casal pode ser um caminho viável para a recuperação, ajudando a reconstruir a confiança perdida e estabelecer práticas financeiras saudáveis.


Considerações gerais


A infidelidade financeira, embora menos discutida, é uma forma de traição que pode corroer as fundações de um relacionamento tão severamente quanto qualquer affair. Sua prevenção e resolução requerem abertura, honestidade, e um compromisso compartilhado com a transparência financeira.


A menos que o regime seja de separação total de bens, todo e qualquer dinheiro é do casal. Então, evitar ou adiar a conversa sobre as finanças é um erro grave. Assim, a administração financeira deve ser feita por ambos, já que as consequências da má gestão cairá sobre os dois.


E, no ápice da infidelidade financeira é comum um dos cônjuges cometer fraudes patrimoniais. Geralmente, é uma forma de escapar da divisão do patrimônio.


Nesse sentido, a pessoa faz compras em nome de terceiros ou mesmo transfere bens para familiares. Além disso, há casos de doação e alienação de imóveis ou mesmo parte de negócios.


Assim, uma boa saída para a infidelidade financeira é estabelecer um planejamento e controle conjunto das finanças. Com os dois envolvidos na organização das contas e fazendo planos em sintonia há uma menor possibilidade de traição.


Nosso E-book


Baixe o e-book “Guia completo para se preparar para um divórcio”. Com certeza vai te ajudar bastante.


Conclusão


Com este conteúdo, você leu informações importantes para evitar uma situação de infidelidade financeira, ou ao menos limitar os danos.


E você, conhece alguém que precisa saber as informações deste artigo? Então compartilhe.


Tenho certeza que ele vai ajudar muita gente.


Ainda, se quiser uma análise pormenorizada do seu caso, é só chamar a nossa equipe nesse Whatsapp.


Agora, vou ficando por aqui.


Até a próxima.



maisa lemos advogada
Maisa Lemos

Meu nome é Maisa Lemos, atuo como advogada de família e sucessões em Goiânia desde 2002 e tenho clientes em todo o Brasil. Meu foco é o atendimento de mulheres e sempre na prevenção de litígios e o bem estar dos envolvidos, sobretudo quando há filhos menores de idade.


Sou também mãe do Davi, da Helena e da Clara.


Me siga no instagram: @maisalemoss. Lá eu posto conteúdo quase diariamente sobre direito de família e sucessões.










LEMBRE-SE: este post tem a finalidade apenas de informar. Em nenhuma hipótese substitui a consulta com um profissional do Direito. Converse conosco e verifique as orientações necessárias para o seu caso específico.Caso precise de mais informações, entre em contato. acia

2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page