top of page

Os Principais erros na hora do divórcio


principais erros divórcio
Casal distante

Nesses tantos anos trabalhando como advogada de família, já lidei com inúmeros divórcios, inclusive o meu. Com isso, também já presenciei muitos erros serem cometidos na hora de se desfazer um casamento. A experiência por si só já é desgastante, mas há alguns detalhes que podem deixar a situação ainda mais complexa.


Contudo, é justamente nessa fase que decisões importantes são tomadas, impactando diretamente o futuro das partes e, quando há filhos, das crianças envolvidas. No intuito de prevenir complicações e proteger os interesses de seus clientes, é crucial identificar os principais erros cometidos durante o divórcio e compreender como evitá-los.


Falta de Planejamento Financeiro


Um dos erros mais comuns é a falta de planejamento financeiro adequado. Muitos cônjuges subestimam o impacto financeiro de um divórcio, que pode incluir despesas com advogados, custas judiciais e a necessidade de manter duas residências. Sem um planejamento adequado, é fácil incorrer em dívidas ou comprometer o padrão de vida. Recomenda-se a elaboração de um orçamento detalhado e, quando possível, a consulta com um planejador financeiro para assegurar a sustentabilidade econômica pós-divórcio.


Negligência na Coleta de Documentação Financeira


É essencial reunir todos os documentos financeiros relevantes antes de iniciar o processo de divórcio. Isso inclui extratos bancários, declarações de imposto de renda, registros de investimentos, documentos de propriedade e informações sobre dívidas. A ausência de documentação completa pode levar a disputas prolongadas e decisões judiciais desfavoráveis. A transparência financeira é fundamental para uma divisão justa e equitativa dos bens.


Tomada de Decisões Impulsivas


A carga emocional de um divórcio pode levar a decisões impulsivas e mal planejadas. Reações precipitadas, como a venda rápida de ativos ou a assinatura de acordos desfavoráveis, podem ter consequências duradouras. É importante manter a calma, buscar aconselhamento jurídico e financeiro antes de tomar qualquer decisão significativa, e considerar o impacto a longo prazo das escolhas feitas.


Subestimar a Importância da Guarda e do Bem-Estar dos Filhos


Quando há filhos envolvidos, a prioridade deve ser o bem-estar deles. Ignorar ou subestimar a importância de acordos sobre guarda, visitas e pensão alimentícia pode levar a conflitos contínuos e afetar negativamente as crianças. É essencial colocar as necessidades dos filhos em primeiro lugar e, sempre que possível, buscar soluções consensuais que minimizem o impacto do divórcio sobre eles.


Falha na Comunicação e na Cooperação


A falta de comunicação efetiva entre os cônjuges pode agravar a situação e prolongar o processo de divórcio. Esforçar-se para manter um diálogo aberto e cooperativo pode facilitar a resolução de disputas e a negociação de acordos. A mediação familiar é uma ferramenta valiosa que pode ajudar as partes a chegarem a um consenso, evitando a necessidade de um litígio prolongado.


Desconsiderar os Impactos Psicológicos


O divórcio é um processo estressante que pode ter impactos psicológicos profundos em todos os envolvidos. Ignorar essas questões pode levar a problemas de saúde mental a longo prazo. Buscar apoio psicológico, tanto para os adultos quanto para os filhos, pode ajudar a lidar com as emoções e a transição para a nova realidade familiar.


Desatenção às Consequências Legais e Tributárias


Cada decisão tomada durante o divórcio pode ter implicações legais e tributárias. Por exemplo, a transferência de propriedades e ativos pode resultar em impostos significativos. É crucial ter um entendimento claro das consequências legais e buscar orientação de profissionais qualificados para evitar surpresas desagradáveis.


Acreditar em Mitos Populares sobre Divórcio


Há muitos mitos populares sobre o divórcio que podem influenciar negativamente as expectativas e decisões dos cônjuges. Entre eles, a crença de que a mãe sempre recebe a guarda dos filhos ou que os bens adquiridos antes do casamento não são divididos. É essencial basear-se em informações corretas e em aconselhamento jurídico para entender como as leis se aplicam ao caso específico.


Não Atualizar Documentos Legais e Beneficiários


Após o divórcio, é fundamental revisar e atualizar todos os documentos legais, como testamentos, procurações e designações de beneficiários em seguros e contas de aposentadoria. Negligenciar essa etapa pode resultar em consequências indesejadas no futuro.


Subestimar a Importância de um Acordo Detalhado e Claro


Um acordo de divórcio detalhado e claro é essencial para evitar futuras disputas. Todos os aspectos importantes, como divisão de bens, guarda dos filhos, pensão alimentícia e responsabilidades financeiras, devem ser abordados com precisão. Ambiguidades ou omissões podem levar a litígios posteriores.



Como faço para buscar ajuda especializada para evitar os principais erros em meu divórcio?


Para buscar ajuda especializada para ingressar na Justiça e lutar por seu direito, você pode contar com o escritório Maísa Lemos Advocacia e Consultoria, pois somos especializados em Direito de Família


Nós atendemos em todo o Brasil, pois o processo judicial é inteiramente eletrônico. Clique aqui e fale com nossa equipe


Nosso E-book


Baixe o e-book “Guia completo para se preparar para um divórcio”. Com certeza vai te ajudar bastante.


Conclusão


Com este conteúdo, você viu conselhos importantes para se organizar para dar entrada em um divórcio e ter resultados melhores.


Lembre-se que é muito importante que o profissional seja especialista na área de família.


Melhor ainda que atue com perspectiva de gênero.


A principal dica é: desenvolva um relacionamento de confiança com o profissional. Do contrário, pode ficar insegura e a relação se tornar extremamente desgastante ao longo dos meses.


E você, conhece alguém que precisa saber as informações deste artigo? Então compartilhe.


Tenho certeza que ele vai ajudar muita gente.


Ainda, se quiser uma análise pormenorizada do seu caso, é só chamar a nossa equipe nesse Whatsapp.


Agora, vou ficando por aqui.


Até a próxima.



maisa lemos advogada
Maisa Lemos

Meu nome é Maisa Lemos, atuo como advogada de família e sucessões em Goiânia desde 2002 e tenho clientes em todo o Brasil. Meu foco é o atendimento de mulheres e sempre na prevenção de litígios e o bem estar dos envolvidos, sobretudo quando há filhos menores de idade.


Sou também mãe do Davi, da Helena e da Clara.


Me siga no instagram: @maisalemoss. Lá eu posto conteúdo quase diariamente sobre direito de família e sucessões.










LEMBRE-SE: este post tem a finalidade apenas de informar. Em nenhuma hipótese substitui a consulta com um profissional do Direito. Converse conosco e verifique as orientações necessárias para o seu caso específico. Caso precise de mais informações, entre em contato. 

9 visualizações0 comentário

Comments


Logo Maísa Lemos
bottom of page